domingo, 29 de agosto de 2010

Sumbe - Kuanza Sul - Antes da Independencia Novo Redondo

Mapa de Kwanza-sul
Mapa de Kwanza-sul

CAPITAL: SUMBE

Municípios

Porto Amboim, Sumbe, Seles, Conda, Amboim, Quilenda, Libolo, Mussende, Quibala, Ebo, Wako-Kungo, Cassongue, Cela. 12 Municípios e 36 comunas.

Clima: Tropical seco e de Altitude

Superfície: 58 698 Km2, (4,7% do território nacional).

População: 2 294 064 Habitantes, densidade de 39 hab/km2.

Principal Produção

Palmeira Dendém, Algodão, Sisal, Café Arábica e Robusta, Bananas, Ananas, Milho, Arroz, Amendoim, Batata Doce, Citrinos, Ervilha, Feijão, Feijão Cutelinho, Feijão Macunde, gergelim, Plamar, Girassol, Goiabeira, Mamoeiro, Mandioca, Mangueira, Maracujá, Massambala, Plantas Aromáticas, Produtos Hortícolas, Rícino, Soja, Tabaco, Eucalipto, Pinheiro. Fomenta-se a cultura do algodão, do girassol e da soja.

Minérios

Quartzo, Ferro, Mica, Gesso, Caulino, Asfalto, Calcário-Dolomite, Cobre e Cianite, Diamantes, Petróleo, Mica e Níquel. Águas gaseificadas e águas subterrâneas (termais).

Pecuária: Bonivicultura de Carne, Bonivicultura Leiteira, Caprinos.

Indústria

Materiais de Construção, Têxtil, Confecções, Couro e Calçado, Alimentar, bebidas e Tabaco, outros: pesca;

A empresa de maior expressão é a BEBA que se dedica à produção de bebidas espirituosas, sumos, enchimento de água de esa e torrefação de café. Existe uma moagueira e está sendo concluída uma fábrica de rações. Brve uma linha de enchimento de refrigerantes. está em construção uma fábrica de álcool. Metriais de construção, existe uma britadeira (do INEA), algumas serrações e carpintarias, umas fábricas de cal a trabalharem em moldes artesanais e uma fábrica de mosaicos, em curso uma instalação de cerâmica. Visível a actividade no sector de construção civil, hoje aumentada a atuacção de empreiteiras e melhorias nos vínculos empregatícios.

Kwanza-sul
Kwanza-sul

Transporte aéreo é assegurado por três empresas: Angola Air Services(com sede no Sumbe), SAL e INTERTRANSIT. Não existe nenhuma empresa de transporte marítimo. O transporte rodoviário é garantido por 62 veículos pesados de passageiros, 221 pesados de mercadorias, 200 ligeiros de passageiros e 184 ligeiros de mercadorias.

Comércio, com a livre circulação de pessoas e bens, regista-se revitalização geral da rede comercial, incluindo a rural que durante muito tempo esteve desarticulada e dependente de vendedores ambulantes.

Aprovíncia do Kwanza-Sul possui cerca de 178 km lineares de orla marítima, é rica em recursos piscatórios, tanto pelágicos como demersais, sendo igualmente conhecida por um potencial natural de crustáceos, com particular destaque para a lagosta, caranguejo, camarão e gamba. Salienta-se ainda que os rios Longa, Cuvo ou Queve, Cussoi (afluente do Cuvo) e Nhia são ricos em "cacusso e bagre". Por sua vez, o Longa e o Cuvo é rico em "ostras" de elevada qualidade comercial.

Kwanza-sul
Kwanza-sul

Ensino pré universitário presente em 6 municípios, instalações próprias no Sumbe e Porto Amboim.

Estradas e pontes

A Província é atravessada por dois eixos principais de estradas asfaltadas, um na parte litoral e outro na parte central. Este dois eixos estão ligados por uma transversal, numa extensão de 847 km. Ainda possui uma rede de estradas terraplanadas principais numa extensão de 2.044 km. A estrada entre a Quibala e Mussende aguardam restaurações.

Caminho de ferro

Com 123 km de linha e uma bitola de 0,60m, ligava a cidade portuária de Porto Amboim à Gabela. Além de servir como transporte de passageiros, é importante para o escoamentop de mercadorias provenientes das potenciais zonas agrícolas e cafeícolas do interior da região, faz parte dos projetos de restaurações.

Portos e aeroportos

Em Porto Amboim duas pontes cais, uma pesqueira, pertence à empresa PESKWANZA que presta serviços a outros, e outra comercial. Além destas existe uma ponte pesqueira a concluir , no Sumbe-Kicombo. As cidades de Sumbe, Porto Amboim e Waku Kungo possuem aeródromos. Todos os outros municípios têm pistas de aviação.

Correios e Telecomunicações

Registaram-se melhorias nas comunicações com a instalação do sistema V-SAT da Internet, bem como do sistema telefónico de Discagem Directa Internacional que funciona desde a ocasião da observação do Eclipse do Sol. Na mesma altura, os serviços do INAMET beneficiaram de novos equipamentos.

Turismo

Existem 6 entidades promotoras de espetáculos e divertimentos públicos com 66 centros de diversão pública, sendo 8 centros recreativos e culturais, 3 boites, 6 discotecas, 3 dancings, 8 cinemas, 5 salões de farra e 33 vídeo-games. Possui 14 bibliotecas com freqüência de mais de 1000 leitores por ano, 37 artístas plásticos, 9 grupos musicais,7 grupos teatrais, 20 de danças tradicionais e 37 de dança moderna, 16 grupos corais e 137 músicos.

A Cachoeiras da Binga (cascata ou quedas de água no rio Cuvo) na Conda; a foz do Rio Queve na Chicucula (uma atracção para a pesca desportiva); as pinturas rupestres no Quicombo; a Tokota (águas térmicas-sauna) no Nhime - Conda; a foz do rio Longa (fendas ou cascatas nos morros) em Hogiwa - Porto amboim; e a Lagoa Chinga/Bumba na Kilenda; além das lindas Praias, são potencialidades turísticas.

Sistema financeiro e bancário

Conta com 4 agências, sendo 2 no Sumbe (BCI e BFE) e 2 em Porto Amboim (BPC e BAI). Excepto o BCI, as outras agências dentro das circunstâncias têm financiado os projetos que lhês tem sido remetido pelos promotores, intermediando igualmente os créditos do FDES. O SDEKS (Sociedade de Desenvolvimento Económico do Kwanza Sul) vem concedendo créditos para a agricultura, pecuária, indústria, comércio rural, transportes e micro-créditos às mulheres rurais e às camadas desfavorecidas. O FDCA - Fundo de Desenvolvimento do Café - financia alguns instrumentos de trabalho aos pequenos produtores. O FADEPA - Fundo de Apoio ao Desenvolvimento da Pesca Artesanal, continua desempenhando um papel importante. A INAPEM, para além das acções de formação e comercialização dos perfis de oportunidades de negócios, liderou o Programa Novo Horizonte. Ainda existe uma delegação da ENZA.

Dentro dos programas se prevê o ingresso de 17.280 alunos nos diversos níveis de ensino, apetrechamento de infra-estruturas irão garantir a melhoria de assistências sanitárias e resposta a demanda hospitalar, abastecimentos de água e energia, reabilitação de 308 km de troços de estradas terraplanadas intemunicipais e 516 km de estradas que ligam as sedes municipais às comunas, bem como as respectivas pontes e segue nos sectores de habitação e agricultura.

Distâncias em km a partir do Sumbe: Luanda 492 Benguela 208;

Indicativo telefónico: 036.

Kwanza Sul

Sumbe

Estendendo-se por 58.698km2, tem o Atlântico a oeste e 6 províncias à sua volta. A sua capital, Sumbe, situa-se a 492km a sul de Luanda. O clima é tropical, seco no litoral e húmido no interior.

Extracção de Diamantes

Ajudada pela Natureza com um solo de grande fertilidade e facilitada por uma localização favorável, entre Luanda e Benguela e por considerável extensão de costa atlântica e boa rede hidrográfica, é uma das províncias com maior actividade agrícola.

Grande produtor de milho e mandioca, destaca-se também nas produções de: café arábica e robusta, algodão, amendoim, batata e batata-doce, abacate, ananás, ervilhas, citrinos, feijão, girassol, goiaba, maracujá, mangueira, massambala, palmeira de dendém, soja, tabaco, sisal, hortícolas, pinheiro e eucalipto. As criações de gado bovino e suíno desenvolvem-se, sobretudo, na zona de Amboim e a de ovinos é mais notória no Sumbe.

A pesca é uma actividade convenientemente explorada nesta Província, com importante infra-estrutura em Porto Amboim. O comércio de crustáceos é importante. No capítulo dos recursos minerais, saliência para o gesso, a mica e a cianite, o cobre e calcário (Sumbe) e o quartzo e asfalto (Gabela). A costa têm boas praias e a zona das Cachoeiras oferece cascatas de grande beleza.

Fonte: www.consuladodeangola.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário